quarta-feira, 20 de julho de 2011

A RCC não é iniciação ao protestantismo? Pois eu digo que sim!

Para aqueles que duvidam de que a Renovação Carismática dita “Católica” não é filial do protestantismo, cito dois exemplos na minha própria família:

1º) a primeira vez em que ouvi falar de carismáticos foi ainda na minha infância, quando minha mãe havia comentado que minha madrinha de batismo (que é tia do meu pai) freqüentava grupos de oração. Hoje minha tia (não sei se ainda devo chamá-la de “madrinha”) abjurou o catolicismo e é membro entusiasta da seita daquela Aimee McPherson (que brigou com a mãe na justiça por causa de dinheiro e que morreu de tanto encher o bucho de comprimidos), a igreja dita “Quadrangular”.

2º) a madrinha de crisma da minha irmã (que é parente nossa também), até alguns anos atrás, era membro ativo do carismatismo, sendo que cantava nas missas, grupos de oração e outros eventos da RC“C”; recentemente ao ver o perfil dela no orkut, minha irmã descobriu que a dita madrinha se refere como “evangélica”.

E isso sem falar de alguns outros que eram tão “cheios do Espírito Santo” há uns quinze anos atrás e que hoje se dizem “sem religião”. Não vou me estender muito sobre o tema, já que ele é sobejamente tratado em vários sítios e blogues católicos.


Nenhum comentário: