quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Que doideira - parte 9

Se o prezado leitor tiver sabedoria, pode fazer o favor de me explicar isto?
"Xamanismo não é um estágio primitivo de religião. É um estado extremamente elaborado de consciência que se encontra em todas as épocas, uma chave preciosa que os seres humanos desenvolveram para compreender o meio ambiente e viver harmonicamente com ele. Mais do que dominar a natureza, o Xamã procura entrar em comunhão com ela. Estabelece um contato com as forças cósmicas e com as energias psíquicas e capta as mensagens [????????] de minerais, vegetais, animais e humanos. [Ahahahah!] Percebe a unidade sagrada da realidade nas múltiplas dimensões que vão além das três conhecidas pela nossa experiência empírica. Espírito e realidade complexa se entrelaçam de tal maneira que formam um único continuum". [Eu não agüento: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!!!!!!!!]

Ahn????? Essa parada deve ser da "boa"...

Observação: os negritos no texto foram para destacar as palavras-chave da idéia, foram para realçar a objetividade do escrito, sob a ótica perimetral do ângulo profético-teológico, mais tergiversações deveras úteis, no convívio equilibrado com a mãe natureza, que nos dá o total controle, se nós não denegrirmos o já combalido ecossistema, pois os indígenas têm a chave da preservação. É necessário, pois, depois de corroborar assimetricamente uma verdadeira teologia da natureza, que os seres dos três reinos da natureza - o reino mineral, o reino vegetal e, sobretudo, o reino animal - troquem mensagens altamente positivas entre si, para o engradecimento da mãe Gaia - que não mete "gaia" no maridão.

5 comentários:

Fábio Graa disse...

Rapaz.. que coisa mais estranha...
Quem é esse Monge Marcelo Barros?
E quem é esse Frei Tito?

Abraço.

Evandro Monteiro disse...

Prezado Fábio, antes de mais nada, seja bem-vindo ao blogue.
Quanto a esse monge, ele usa e abusa de tal título, porém, pelas palavras que ele usa - como essas do ex-frei Boff -, não deve ser monge já faz um bom tempo.
Quanto a frei Tito, ele era cearense, se não me engano era dominicano, só que foi preso pelos militares na década de 70, por razões políticas, sendo torturado.
Morreu exilado na França em 1974 (suicídio? homicídio? ninguém sabe).
Virou ícone da TL e dos comunistas de sacristia.

No mais, fique com DEUS e Nossa Senhora.

Fábio Graa disse...

Obrigado Evandro. Passarei por aqui com mais frequência.

Deus o abençoe e guarde.
A Virgem Santíssma o conduza.

Dii disse...

Sóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóó


UM SALVE PARA O BOB MARLEY DA XURUPITA!!!

Evandro Monteiro disse...

Adriana, que raio de Xurupita é essa que escreveram lá na escola?