sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Só pra refletir sobre seitas

Existem seitas pseudo-cristãs que proíbem seus membros de entrarem no exército.
Existem seitas pseudo-cristãs que, por seguirem absurdamente ao pé da letra a regra do sábado, proíbem seus membros de trabalharem no sábado. E se o cidadão for médico ou policial?
Resumindo: quem não serve para entrar no exército ou não pode ser policial ou médico no sábado, não tem serventia alguma nesta vida.
A defesa da vida vale bem mais do que a leitura mal feita da Bíblia.

Uma causa, entre as várias...

Sabe por que a Igreja Católica muitas vezes não consegue atrair gente?
Porque nem os próprios padres crêem naquilo que pregam.
Frutos do desastroso Concílio Vaticano II.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Depois dizem que o demônio não existe...

O que dizer de alguém que, ao invés de pegar uma criancinha indefesa para cuidá-la com carinho, a joga numa fogueira como se fosse um ritual de Moloc?
Está escrito:

"Ergueram altares a Baal no vale do Filho de Hinon, para aí queimarem os filhos e as filhas em honra de Moloc, o que não lhes havia ordenado nem jamais me tinha passado pela mente: cometer tal infâmia e tornar Judá culpado de semelhante crime!" (Jeremias 32, 35)

O que dizer de “mulheres” que receberam de Deus o dom de gerar a vida, mas que o desperdiçaram, pois sem dó nem piedade fizeram a pobre criança arder numa fogueira?
Depois dizem que o demônio não existe!
Se fossem apanhadas, deveriam ter os corpos queimados em fogo lento, depois as pusessem num caldeirão fervente e, sem um pingo de pena, deixar torrar dentro do incinerador, que é pra ir se acostumando com o clima lá no inferno!

http://www.bibliacatolica.com.br/01/30/32.php

http://pildorasantimasoneria.blogspot.com.br/2012/03/europa-al-servicio-del-dios-moloc-baal.html

quinta-feira, 19 de julho de 2012

A queda do número de católicos segundo o IBGE

Ainda tratarei, brevemente, sobre a questão do aumento do número de "evangélicos" (melhor dizendo, protestantes) na população brasileira, fato tratado com grande alarde pela imprensa tupiniquim.

"A volta dos que não foram"

Voltei.
Hão de me criticar aqueles que acham que devemos manter nossa palavra até o fim, só que às vezes é preciso voltar atrás em certas decisões.
Foi o que fiz.
Havia escrito que não mais postaria neste blogue, estava obstinado em excluí-lo da net inclusive, mas não.
Meus problemas ainda continuam, diminuíram até, mas eles ainda estão me atormentando.
Eu, indigno servo do Senhor e da Santa Igreja, jamais poderia, apesar dos meus pecados e limitações, abandonar a batalha.
Não prometo aos amigos leitores a mesma freqüência de outros tempos, mas não vou parar de usar as palavras para combater o bom combate.
Não sou (e nem pretendo) ser mais católico que os outros, não pretendo dar aulas de teologia ou coisa parecida, nem "ensinar o Pai-Nosso ao vigário", mas existem coisas que não podem ser omitidas, quando é para elogiar alguém do clero, estamos aqui para isso, mas se for para criticar...
Obrigado aos blogueiros Ana Maria Nunes e Theophilus, que com suas palavras me deram o apoio suficiente para esta "volta", e àqueles que, mesmo sem ter entrado em contato comigo, eu sei que fizeram votos para que eu retornasse.
Estamos de volta, e "a luta continua".

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Só para refletir - parte 1

DEUS precisa de seguidores que o sirvam, não de puxa-sacos que o glorifiquem da boca para fora, só para dizer que O amam.
De "servos" que já estão salvos o SENHOR JESUS já está cheio!
(S. Mateus 7, 21-23)

terça-feira, 17 de abril de 2012

Se é guey pode, se é cristão não pode?

Ativista guey pode:
=> fazer cartaz com propaganda da parada guey com a foto de alguma catedral católica;
=> queimar a foto do papa publicamente;
=> caçoar da crença alheia, ao usar modelos homossexuais travestidos de santos católicos em poses "homo-eróticas" (sic) na parada guey;
=> fazer beijaço público em frente a alguma igreja.

Agora, se é cristão:
=> jamais vai poder usar cartazes (os famosos outdoors) com trechos da Bíblia dizendo que a prática do homossexualismo é pecado, como um pastor fez, e a polêmica foi tão grande que fizeram uma baita pressão para que o mesmo parasse com aquilo.
Por falar em pastor, é vergonhoso que um herege como Silas Malafaia levante a voz contra os gueyzistas que usaram as imagens de santos (logo ele, um inimigo da "idolatria" católica) ao passo que aqueles padres famosões, com medo de parecerem intolerantes, retrógrados, HOMOFÓBICOS, se calam covardemente.
Já que é pra desafiar, se essa tal de Gaystapo é tão corajosa assim para atacar os cristãos, por que não faz piada com os muçulmanos?
Pois é, bem que podiam pegar algum símbolo sagrado do Islã, fazer caricaturas daquele profeta assassino de Meca em poses "homo-eróticas" e botar pra "arrasar" na próxima parada guey!
--------------------
Fontes das informações:
A que inspirou estapostagem:
Mais antigas:
A mais nojenta:

quinta-feira, 12 de abril de 2012

O que falar sobre a liberação do aborto de anencéfalos?

O que falar sobre a liberação do aborto de anencéfalos?
Isso se chama eugenia, ou mais sofisticadamente, darwinismo social, onde só os perfeitos fisicamente sobreviverão.
Ser contra o aborto não é pelo simplismo de ser religioso ou não - até porque a religião não está em questão -, mas por bom senso.
Por que todo abortista que não tem argumento já chega acusando os seus oponentes de "fanáticos religiosos?"
Tantos que se dizem "católicos" e são favoráveis a essa aberração?
Onde estão os padres famosos, que se calaram diante do evento decisivo de hoje no STF?
Onde está a CNBB, hein?
Por que a CNB do B não extingue essa porcaria de Campanha da Fraternidde e faz algo que preste realmente pela vida?
Por que o clero se calou criminosamente sobre o aborto? Por que só alguns poucos padres resolveram dar a cara pra bater e defender a vida?
Eu sou culpado, pois também me omiti! Peço perdão ao Senhor Jesus!
Sei que falar agora é fácil, mas fico muito triste com a pobreza de argumento dos abortistas, que só reduzem os seus oponentes como meros fantoches dos pedófilos do Vaticano!
E os católicos tontos que ainda acreditam que aborto é qestão de saúde pública!
Não é! É questão de princípios, de dignidade!
E me dá mais vergonha ainda que hereges como Silas Malafaia estão mais empenhados em defender a família e a vida do que muitos padres famosos! É de se lamentar!

(Em 12/04/12)

terça-feira, 10 de abril de 2012

E na Idade Média não se caçava os judeus?

Na escola, principalmente nas aulas de História, aprendemos que a Igreja perseguia e queimava judeus, principalmente na Península Ibérica.
Mas eis o que um texto anticatólico escreve:

"Os judeus em Portugal não apenas tinham acesso à corte, a altos cargos na mesma, mas também podiam ter direito ao tratamento de "dom", usarem brasões, fazerem doação de bens, constituir morgadios e terem outros privilégios próprios da nobreza. D. Fernando, por exemplo, concedeu dois dos mais importantes morgadios do reino ao judeu Moisés Navarro."
Para uma sociedade tida como intolerante e fanática, é de se admirar que os judeus, que teriam sido as vítimas principais do sadismo da Santa Inquisição, viviam numa situação muito boa.
--------------------
Fonte:

domingo, 8 de abril de 2012

E lá se vão quatro anos...

Quando lancei este blogue, em 08 de abril de 2008, não tinha pretensão de fazer um trabalho de apologética, até porque não sou teólogo ou coisa que o valha.
Agora, passados quatro anos, vejo que aquela semente lançada em 2008 acabou gerando frutos.
É muita coisa? Bom, para quem não é nada na Igreja, somente um professor da rede estadual do Ceará (no começo era digitador da prefeitura de Jijoca de Jericoacoara-CE), até que foi bem longe.
Agradeço do fundo do coração a todos, leitores e seguidores, que têm ajudado muito neste trabalho - concordando ou até mesmo discordando.
Passei, nestes quatro anos, por altos e baixos na minha vida, e por muitas vezes pensei seriamente em encerrar o blogue, sendo que ainda hoje estou um tanto desmotivado com algumas coisas, mas nunca tive essa coragem.
Peço a Deus que me auxilie nessa fase de pouca fé, para que, apesar dos meus pecados, eu possa fazer algo por Cristo e sua Igreja.

FELIZ PÁSCOA PARA TODOS!

O SEPULCRO ESTÁ VAZIO!
CRISTO RESSUSCITOU!
FELIZ PÁSCOA PARA TODOS, E QUE AS BÊNÇÃOS DE JESUS RESSUSCITADO SEJAM LANÇADAS A TODOS OS AMIGOS DESTE BLOGUE, BEM COMO AOS SEUS FAMILIARES!

quarta-feira, 28 de março de 2012

Vão me chamar de machista, mas...

Muita gente (principalmente a mulherada descolada) talvez até venha me chamar de machista, mas ao ler postagens nos blogues O Candango Conservador e Deus lo Vult, me veio uma pergunta na mente:

Por que raios toda feminista engajada é feia?

Por que toda feminista militante tem cara de mal amada?


Até o rosto da Bruxa do 71 é bem mais bonito do que o delas!
E que não venham me dizer que todas são gueys, pois conheço algumas lésbicas que são muito bonitas e não são feministas.
Pode ser nova ou velha, ou até mesmo com uma aparência mais ou menos, mas todas, sem exceção, têm a expressão carrancuda, parece que estão chupando limão com tamarindo!
A senhora e mãe de família que levantou sua voz contra a farsa aborteira no Senado, ao contrário, parecia ter a cara mais leve, sem o rancor machista da mulherada descolada, que quer porque quer ser maior do que os homens.

--------------------
Fontes:
http://candangoconservador.blogspot.com.br/2012/03/uma-voz-politicamente-incorreta-fez-se.html
http://www.deuslovult.org/2012/03/25/cartada-de-mestre/

terça-feira, 27 de março de 2012

Antigamente eu ria, agora não mais...

Às vezes dou risada quando leio que alguém, querendo dar uma de sábio, comete erros crassos de coerência.
Mas o que segue, mesmo sendo uma incoerência sem tamanho, não tem graça nenhuma, pois ouvir “artistas” soltando suas opiniões é a mesma sensação de entrar num banheiro de rodoviária de cidade do interior: uma imundície completa.
Uma certa cantora que há poucos anos atrás fazia dupla com o irmão, e que estava meio sumida da mídia, deu de voltar aos holofotes da grande imprensa, ou defendendo a sodomia ou fazendo propaganda de cerveja. A última dessa “coisinha” foi essa “pérola” que eu extraí do blogue Deus lo Vult:

“Aborto, sob o ponto de vista jurídico, é crime. Eu defendo a descriminalização, principalmente quando a gravidez representar risco para a mulher ou para o bebê.”

Deixa ver se eu entendi: então se a gravidez representa um risco de morte ao bebê, então a solução é matar esse mesmo bebê? Isso é o mesmo princípio de que para se curar a enxaqueca, a melhor solução é amputar a cabeça!
Das duas, uma: ou essa moça, para querer voltar a fazer sucesso, quer polemizar e chocar, ou é burrinha mesmo.
Quando o povão miúdo e a imprensa valorizam palavras tão “coerentes” de uma cantora decadente, é sinal de que o Senhor Jesus tem que retornar sem perda de tempo para julgar a todos nós, pois se deixar por mais algum tempo, não sei para onde irão as coisas neste mundo.

Fonte:
http://www.deuslovult.org/2012/03/26/sinais-da-decadencia/

quinta-feira, 22 de março de 2012

E se fosse o papa?

No blogue "De olho na Jihad" foi relatado que uma importante autoridade religiosa da Arábia Maldita, digo, Saudita, defendeu a idéia de que TODAS AS IGREJAS DEVEM SER DESTRUÍDAS.
Quanto a essa declaração infeliz daquele infeliz seguidor do infeliz pedófilo carniceiro de Meca, ninguém da grande imprensa mundial deu um pio sequer.
Quando aquele pastor maluco da Flórida fez a grande queima de estoque de Alcorão, aí a grande mídia se levantou contra a intolerância, o desrespeito ao multiculturalismo e à liberdade religiosa.
Agora eu pergunto: e se, hipoteticamente, o papa Bento XVI (ou algum sucessor) pregasse que nos países católicos todas as mesquitas têm de ser destruídas?
Essa imprensinha de m(...) cairia em cima, desceria a lenha na Igreja, o papa seria chamado de "genocida e nazista" (como já foi chamado por um "nobre" deputado da causa guey), a TV Recópia exibiria alguma reportagem sobre os padres tarados, etc..
Essa pressão toda fez o próprio Ratzinger retirar o que havia dito em 2006 numa universidade, quando citou as palavras de um imperador bizantino sobre o que o Islã teria trazido de bom.
Nem eu, um reles blogueiro católico perdido nos cafundós do Judas, poderia pregar que pelo menos no Brasil todas as mesquitas devem ser destruídas (para que nunca mais emporcalhem a paisagem com seus minaretes horrendos), pois seria processado por alguém!
Quando houve aquele triste episódio do atirador da Noruega, toda a imprensa repetia que o cara era de direita e que ele era cristão fanático.
Já em relação ao atirador de Toulouse, eu não vejo tanta repercussão, pois ele é de origem argelina e viajou ao Afeganistão.
Que Deus não permita que essa praga, essa coisa asquerosa não seja expandida, pois tal fato seria uma catástrofe!

--------------------
Fonte da informação:
http://olhonajihad.blogspot.com.br/2012/03/maior-lider-muculmano-da-arabia-saudita.html

terça-feira, 20 de março de 2012

Deixa o circo pegar fogo, irmão! Oh, glória!

Tá engraçada demais essa verdadeira luta de "UFC Gospel" entre o "bispo" Edir e o "apóstolo" Valdemiro.
"Engraçado? Você acha engraçado? Isso é uma desgraça! É uma vergonha paro povo cristão!", deverá me dizer alguém.
Mas eu acho é graça mesmo! E quer saber mais? Eu quero que se explodam em suas respectivas fortunas, esses enganadores de incautos! Quando esses falsos profetas morrerem não levarão nem emissora de televisão, nem fazenda de gado e nem o milionário dízimo doado pelos trouxas.
Que esses larápios enganadores dos tontos vão aos quintos! Quando morrerem não farão falta!
Até o Silas Malafaia andou falando que os dois bravos combatentes são "farinha do mesmo saco".
Se antes o alvo era a Igreja Católica (e continua sendo), como o rebanho protestante cresceu, agora é igrejola roubando fiéis de igrejola!
É bom que se combatam, é bom que andem se duelando, e tomara que mais seitas se combatam umas às outras, para que o verdadeiro Evangelho seja pregado, para a honra de Nosso Senhor Jesus Cristo! Amém.


segunda-feira, 19 de março de 2012

Obrigado, meu São José Operário!

Agradeço a São José Operário por duas graças alcançadas!

domingo, 18 de março de 2012

Para o tal de “Frajola”

Um tal de “Frajola” enviou o seguinte comentário:

“Realmente voce cre no monte de BOSTA que vc escreve????????
QUeimar o livro dos espiritos,o alcorão? é isso que jesus ensinou?????
não venha me retrucar usando a biblia,pois nao acredito nela... é perca de tempo...

E o pior... é cristão contra cristão, é evangelico atacando catolico, catolico atacando evangelico, catolico atacando catolico carismatico...
grava o que eu to dizendo é a torre de babel...”

Bom, vamos por partes:

1- Se eu não cresse em nada que escrevo, não teria criado este blogue.

2- “QUeimar” livro X ou Y realmente “jesus” não ensinou, mas se para um cristão a defesa de sua fé precise passar pela queima de livrecos cuja leitura seria péssima para essa mesma fé, por que não?

3- Não vou retrucar usando a Bíblia pela razão que você me deu.

4- E que contradição é essa, afirma não crer na Bíblia e cita um fato bíblico?

5- Se não gosta do que escrevo, já que acha uma b(...), então vá para algum bloguinho colorido, cheio de algodão-doce e muito faz-de-conta, seja bem feliz e não encha mais o saco aqui. Vai pela sombra!

sexta-feira, 16 de março de 2012

"Brasileiro é tão otário"

Que o brasileiro comum é um tipo um tanto estranho, isso todo mundo sabe, mas o que mais irrita é que os gringos podem fazem qualquer coisa com o brasuca que ele não liga.
Entretanto, em muitos casos podemos ver que no exterior o brasileiro é tratado que nem cachorro, sendo que o último caso foi o daquela senhora de setenta e tantos anos que ficou dias presa num aeroporto da Espanha. Independente se a neta dela era irregular naquele país decadente, isso não dá direito às autoridades espanholas maltratarem uma idosa.
E isso porque no vizinho Portugal muitos portugueses vêem as brasileiras como prostitutas.
Outra coisa que às vezes aparece são aqueles casos de brasileiras que ficam chorando na televisão, porque os maridos gringos se separaram e foram embora com os filhos; a maioria (pelo menos era a maior parte dos casos) era composta de árabes. Sobre isso, o Irã tem uma regra que proíbe o casamento de nativas com estrangeiros.
E o governo dos aiatolás está certo, se querem saber!
Na quarta-feira (14), numa partida pela Taça Libertadores da América, o Vasco da Gama enfrentou a equipe do Libertad, e a torcida paraguaia passou a hostilizar o zagueiro Dedé, que é negro, chamando-o de "macaco".
Enquanto isso, o futebol brasuca está infestado de "cucarachas" que são bem recebidos e muito bem tratados aqui. O mais recente caso é o do atacante argentino Hernán Barcos (na foto acima, em ação contra Rhodolfo, do São Paulo), do [meu time de coração, o] Palmeiras.
Não concordo muito com isso de brasileiro ficar adulando gringo como se fosse Deus.
Por falar em futebol, a soberania brasileira que vá para o espaço, com a permissão de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa-14. Será que na Copa-22 no Catar a dona FIFA fará pressão sobre os xeiques de lá quanto a isso também?
Sobre isso já cantava a Kate Lyra (americana) em 1977: "Brasileiro é tão bonzinho".

segunda-feira, 12 de março de 2012

"Jejuar agora é pecado?" ou "Somos melhores do que Jesus Cristo"

Uma praga do "super-ultra-hiper-mega-infalível" concílio Vaticano II que grudou na linguagem eclesiástica é a palavra "PASTORAL". Para qualquer besteira na paróquia existe alguma pastoral. Até a Quaresma tem de ser pastoral! Nunca mais o cristão deve pensar no período de preparação para a Páscoa como tempo de conversão, jejum e penitência, mas sim uma época de "conversão pastoral", onde o fiel deva olhar a realidade com os olhos do pobre explorado pelo capital.
Agora cabe aqui uma pergunta: praticar o jejum na Quaresma atualmente é pecado?
Praticar algum tipo de mortificação (e aqui está alguém que não é exemplo disso) é errado?
Falar em conversão e arrependimento dos pecados é uma coisa infantil?
Então o próprio Cristo, que essas pessoas afirmam seguir, era incoerente, pois Ele - Deus e homem - fazia penitência e jejum, ou o ato de ser batizado por São João Batista não era um sinal de penitência? Ou na Judéia-Samaria-Galiléia não havia explorados? Ou Ele, Jesus, era um homem infantil?
Outra coisa: querer ao menos desejar respeitar as tradições da Igreja, naquilo que se refere à abstinência de carne vermelha nas sextas-feiras da Quaresma ou na Sexta-Feira da Paixão é prática farisaica?
Será que falar nos Novíssimos é algo tão abominável assim, para os "amigos" do povo oprimido?
Se muitos desses "libertários" e comunistas de sacristia são tão amigos assim do povão explorado, dos proletários humilhados pelo neoliberalismo e das mulheres vítimas do "feminicídio", que abram mão, então, das benesses desta vida, pois é sabido que grandes nomes da TL comem do bom e do melhor, moram em mansões e andam em iates. Se pobreza fosse boa, eles seriam os primeiros a adotá-la, ou como dizia o finado carnavalesco Joãosinho Trinta, "QUEM GOSTA DE POBREZA É INTELECTUAL".

--------------------
Inspiração para esta postagem:
http://www.adital.com.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=65157

sexta-feira, 9 de março de 2012

“Europa de quatro para o pedófilo de Meca” ou “A pusilanimidade dos cristãos”

Um figurão da BBC de Londres disse, com todas as letras, que nunca faria algo que fosse ofensivo ao “profeta” Maomé (Que o justo castigo do Senhor Jesus, o Rei dos reis, recaia sobre o infame!) pois os muçulmanos se sentiriam ofendidos, mas se fosse contra Jesus não teria problema, pois os cristãos não fazem nada.

Podemos ler no blogue do Reinaldo Azevedo:

“Thompson diz que a BBC jamais teria levado ao ar 'Jerry Springer -The Opera' — um polêmico musical que zomba de Jesus — se o alvo fosse Maomé. Eles fez essas declarações numa entrevista para um projeto de pesquisa da Universidade Oxford.”

É vergonhoso que o princípio do “dê a outra face” seja levado até as últimas conseqüências. Onde estão as autoridades da Igreja?

Onde estão os fiéis que não fazem nada?

Isso tudo é medo de parecer radical e intolerante?

É medo do povo politicamente correto ficar amuado?

É medo dos seguidores daquele porco do deserto da Arábia?

A fala desse infeliz da BBC só faz refletir a fraqueza moral do Ocidente, que como alguém já comentou aqui no blogue, “cai de podre”.

A Europa, infelizmente, não caiu de joelhos ao Islã, ela está de quatro, montada pelos terroristas de cimitarra.

Fonte:

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-fala-de-um-bestalhao-covarde-e-arrogante-%E2%80%9Czombaremos-de-jesus-mas-nao-de-maome%E2%80%9D-diz-chefao-da-bbc/

domingo, 4 de março de 2012

"Vamos parar de frescura?" ou "Aberrações com a semântica"

Vamos parar de frescura?
Podem até me chamar de "homofóbico" que eu não ligo, mas tudo é questão de semântica, não de "homofobia":
Ao se referir a parceiros gueys, o correto é dizer "par" e não "casal", pois esta última palavra se refere a seres de gêneros diferentes.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Cristão católico e petista?

Se você é católico e pensa que a política deve sempre buscar o respeito, a preservação e a dignidade da vida humana acima de qualquer interesse político ou econômico, e se for contra o aborto, então não poderá, jamais, ser petista.
Numa notícia do jornal Folha de São Paulo, cujo tema principal era a política nacional, é possível ler o seguinte:
“Na entrevista, Rui Falcão [obs.: presidente nacional do PT] disse que o PT continua favorável à descriminalização do aborto, mas que os deputados do partido não propõem mudanças na lei atual (que criminaliza o aborto) porque têm outras prioridades no Congresso.”

Por isso, se você, prezado leitor e prezada leitora, é católico(a) mas se considera petista, então escolha: ou se é católico ou se é petista, pois se água e óleo não se misturam, o mesmo se dá com as princípios da fé cristã e as teorias esquerdistas defendidas pelo "Partidão".
Sobre isso é possível lermos na Palavra: "Não se pode servir a dois senhores" (Mateus 6, 24).

Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1055932-serra-apoia-dilma-contra-aecio-diz-kassab-ao-pt.shtml

domingo, 26 de fevereiro de 2012

O bispo é doido?

Um conhecido bispo de uma cidade do interior de São Paulo, ao fazer louvores aos cinqüenta anos do “super-ultra-hiper-mega” Vaticano II (e de uma conseqüência direta desse infeliz concílio, que foram as “benditas” Campanhas da Fraternidade), lá pelas tantas diz o seguinte:

“Não menos insistente era a urgência da Igreja se inserir na realidade, levando sua presença de serviço fraterno e de estímulo para a participação dos leigos na vida social e política. A Campanha assumia esta preocupação, escolhendo temas de interesse da sociedade, e estimulando a reflexão e a participação organizada”.

Ué, mas do começo da Igreja até a metade dos anos 60 Ela nunca se inseriu na realidade?

Se tem uma coisa com a qual eu não me conformo é com esse discurso de que a Igreja Católica só passou a ver a realidade dos pobres e excluídos depois do Vaticano II.

Que organização combateu a escravidão de índios e negros?

Quem criou os hospitais para as vítimas da peste na Europa?

Quem foi que criou as primeiras organizações caritativas?

Quem foram os primeiros professores aqui no Brasil? Foram os jesuítas, nos tempos da Contra-Reforma!

Quem foi que tirou os índios da ignorância, resgatando seus valores mais humanos, trazendo-os à luz do Evangelho? Os comunas de sacristia do CIMI? Não! Foram os jesuítas!

Não acho condenável o clero participar de ações políticas em vista de um bem-estar social e econômico (afinal estamos todos inseridos na sociedade), mas é vergonhoso vê-lo mais preocupado com o boto cor-de-rosa ou o miquinho dourado, em vez de pregar a palavra, ainda mais nestes tempos da Quaresma.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Que Deus o tenha...

D. Ladislau Biernaski, bispo de São José dos Pinhais-PR, faleceu aos 74 anos por falência múltipla dos órgãos.
Cabe ressaltar, entretanto, que o mesmo era presidente da tal de CPT (Comissão Pastoral da Terra), amiga dos invasores do MST e dos comunistas de sacristia.
Seria D. Biernaski um comunista de sacristia também?
Só nos resta pedir a piedade divina para esse sucessor dos Apóstolos, apesar de saber que seu trabalho pastoral foi mais voltado para o lado político, haja vista os amigos que ele teve em vida, muitos deles inimigos do direito à propriedade privada e adeptos da invasão de terra alheia.
Não é à toa que o homem era mais conhecido como “o bispo da reforma agrária”.

Fonte:
http://minutonoticias.com.br/morre-o-presidente-da-cpt-bispo-da-reforma-agraria

Vamos ajudar?

A pedido da Ana Maria (do Portanto Entretanto Todavia), estou divulgando o número da conta para quem quiser ajudar um trabalhador que se acidentou enquanto exercia a sua função.

"(...) por culpa de um desgraçado em uma caminhonete que fez uma ultrapassagem e bateu de frente em uma Van.

Quem dirigia a Van à trabalho era o Ulisses marido da blogueira Giovana Cunha. Ele se feriu gravemente, quebrando a cabeça do fêmur e luxando o quadril. Ele está internado no SUS e para variar não há um especialista no local.

A recuperação dele será demorada e cara. Há não só a necessidade de oração como a financeira. Se tiver condições financeiras, por favor, ajude com qualquer quantia:

Banco Bradesco
Giovana Alves da Cunha
AG: 1497-4
CC: 69618-8

Banco Itaú
Ulisses R. Gomes
Agência: 3135
Conta Poupança: 31981-6/500 "

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

QUE VONTADE DE VOMITAR!!!!

O que dizer da ministra que a Dilma Ducheff escolheu?

A criatura, FEMINISTA CONVICTA, diz que já fez aborto na época da luta armada, que se relacionou com mulheres* e que já fez treinamento de prática de aborto na Colômbia, para que a mulher, dona de seu próprio corpo, não precise recorrer à saúde pública e faça o próprio aborto!

QUE VONTADE DE VOMITAR!


-------------------

Fonte:

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-ministerio-dilma-nova-ministra-da-mulher-confessa-que-ja-treinou-abortos-por-succao-mesmo-nao-sendo-medica-mais-ela-se-considera-avo-de-um-neto-mas-tambem-do-aborto/

--------------------

* Que fique bem claro, entretanto, que em nenhum momento este blogue fez ou faz apologia à tal de homofobia, pois os homossexuais são criaturas de Deus como todo mundo; o que importa dizer MAIS UMA VEZ é que não concordo com a BAITOLIZAÇÃO DA SOCIEDADE, com esse GUEYZISMO nefasto que certos setores “libertários e democráticos” como a referida senhora (ou aquele deputado fã do Che) querem nos enfiar goela abaixo.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Quer usar a erva? Use-a, pois!

Quer fumar a erva? Vá e use, seja feliz.
Quer ficar com a cabeça leve com a "névoa branca que sai de trás do bambuzal", fique.
Mas se você quer que as leis liberem o uso da erva, aí já é outra história.
Vá ser favorável à liberação da erva na frente de alguma mãe que sofre porque um filho entrou pelo caminho das drogas e não saiu mais.
Vá ser favorável à liberação da erva em clínicas de reabilitação.
Se você é forte o suficiente para ficar só na erva, meus parabéns, pois nem todos têm essa fortaleza, já que muitas vezes vão se bandear pra cocaína ou pro crack.
Agora, se você não gostou do que escrevi, sinto muito, mas não venha e diga para eu me f(...), tá certo?

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O menino se zangou! Afe!

Os dublês de democrata, quando vêem um indiozinho ser expulso de suas terras, um viciado ser posto pra correr da Cracolândia, ou ainda um bandido apanhar da polícia, vixe, sai de baixo que eles (os dublês de democrata) perdem as estribeiras, rodam a baiana e exigem direitos humanos para os pobres perseguidos.

Só que eles se calam diante das duras perseguições a que os cristãos são submetidos nos países comunistas e muçulmanos.

Mas se o papa – esse cruel nazista acobertador de pedófilos – ousa (eu disse “ousa”) falar contra o “casamento” guey, menino, essa meninada fica “macha” pra caramba!

E não é que um nobre deputado ficou magoadinho com o que Bento XVI disse sobre as conseqüência de um “casamento” guey?

É claro que tal união é um perigo para a humanidade, ou alguém aí da ciência já conseguiu fazer uma dupla (recuso-me a escrever “casal”) de machos que se amam procriar e ter filhos? Ou uma dupla de lésbicas? Tudo bem que as mulheres têm útero (ainda, vai que a ciência consegue gerar mulheres que já nescem sem útero, que é para não terem filhos mesmo), mas até hoje nenhuma mulher engravidou de outra mulher.

--------------------

Fonte: Blogonicus

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Que decadência...

Quando um professor deixa o magistério de lado para se dedicar a vender peixe porque dá mais dinheiro, é sinal de que a sociedade está em profunda decadência.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Conversas na missa da igreja de São Paulo Apóstolo

- - - - - - - - - - Baseado em fatos reais. - - - - - - - - - -

No interior do Nordeste ainda são bastante comuns as festas do santo padroeiro, onde as localidades param para honrá-lo. Melhor ainda é quando os festejos são no mês de junho, coincidindo com as quadrilhas de São João, como na festa de São Paulo Apóstolo, que é celebrada em 29 de junho – mesmo dia de São Pedro.

No pequeno povoado de São Paulo do Itaquarioca é missa festiva e a igreja está lotada, as pessoas se aglomeram e muitas outras estão no lado de fora.

Enquanto o padre não chega, a senhorinha de cabelos brancos sentada no banco do corredor comenta com uma outra senhora não menos idosa:

  • Mundinha, tu ouviu falá qui a fia do Zé do finado Luiz Situba fugiu cum rapaizim novo da prefeitura, aquele galeguim dos zói verde?

  • É nada, muié de Deus!

  • Tô dizeno! Parece até qui teve bucho no meio, tava inté de seis mêis já, pela forma do bucho, deve sê uma minina...

No mesmo instante o padre chega, acompanhado das suas carolas e beatas, uma mais “dedicada” que a outra:

  • Padre Chiquim, o sinhô num qué as estola?

  • Não, dona Zefinha, eu já trouxe elas aqui, obrigado.

  • Mais o sinhô num qué que eu traga as estola mesmo não?

  • Dona Zefinha, eu já disse, eu trouxe as estolas comigo, estão até na minha bolsa.

  • Mais o sinhô pode ter si isquicido, padre!

Aí a outra beata interfere:

  • Cumade Zefa, dêxe di sê besta, num tá vendo qui o padre num qué qui os pessoal fique pegano nas estola dele?

  • Não é isso, dona Mariquinha... – tenta se defender o padre.

  • Padre Chiquim – agora é Dona Mariquinha – o sinhô num qué qui eu pegue as estola pro sinhô?

Jesus amado, é hoje!”, pensa o padre Chiquinho, suspirando e olhando para o céu.

Enquanto isso, num dos bancos que ficam perto da porta de entrada, um garoto pergunta para a catequista (uma menina nova, não deve ter mais de dezesseis anos) algo sobre a imagem de São Paulo:

  • Ô tia, por que o santo segura uma espada cuma mão e um livro ca ôtra?

Ao que a moça, toda pimpona, responde:

  • Ora, é pusquê Sum Paulo, pra invangelizá, matava aqueles qui num quiria si convertê pra igreja!

  • Ah...

  • E como ele mesmo dizia que “quem cum ferro fere cum ferro será firido”, ele morreu quando uns home do imperadô...

  • ...Qui imperadô? Aquele jogadô?

  • Não, minino! O imperadô romano! O santo foi morto pelos home do imperadô por causa da espada qui ele num soltava!

  • Tá, mais e o livro?

  • É pusquê antes o santo era iscrivinhadô di livro. Tá sastifeito?

  • Tô sim, tia!

A missa finalmente começa, o padre faz as orações iniciais e, enquanto muitos estão prestando atenção nos ritos católicos, outros estão mais entretidos com a vida alheia. Um vigia do posto de saúde, que aproveitando que estava de folga e foi à igreja, se vira pro primo sentado no banco de trás e comenta:

  • Cumpade Antôim, esse padre aí num sei não...

  • ...Num sei não o quê, home di Deus? – Seu Antônio já se impacienta.

  • Num sei não, mais esse padre Chiquim pra mim é baitola!

  • Num diga esse nome fêi no mêi da missa, criatura!

  • Ora, tu vai mim dizê que tu num sôbe das história desse padre na antiga paróquia dele?

  • Rapáiz, isso é fofoca, tu num sabe qui a negada daqui num véve sem falá dos padre qui vêm pra cá?

  • Cumpade Antôim, ó o jeitim desse Chiquim! Todo delicadim, todo chêi di frescura... “Chiquim”... Isso lá é nome de padre?

  • Cumpade Mané, mi dêxe vê a missa!

  • Tá bom, cumpade, tu é muito é zangado!

E a missa acontecendo, até que...

  • Cumpade Antôim...

  • Quê qui foi?

  • Eu digo qui o padre é baitola...

  • Num fale esse nome, fi de Deus!

  • Ele é isso mesmo aí sim, pois o povo tá dizeno por aí qui aquele rapaizim novo da prefeitura foi simbora pra Brasília pra dipois o padre fugir e si incontrá cum ele lá!

O outro que está sentado ao lado do vigia se intromete:

  • É aquele galeguim dos zói azu?

  • Sei lá, pra mim era uns zói mêi amarelado, mais é sim, é o rapaizim novo da prefeitura, ele tá de caso cum padre Chiquim. O pessoal diz qui viu eles dois na beira do rio, bem na curva.

  • Ô vocêis dois – esbraveja Seu Antônio – si num gostam do padre, pusquê num vão simbora logo? Eu quero é vê a missa!

Na mesma hora, na porta dos fundos, Miguelina, uma professorinha de vinte e tantos anos, bonita não só de rosto como também de corpo, mas com uma cabecinha vazia, faz a seguinte observação à D. Carminha, secretária da paróquia:

  • Dona Carminha, mulher de Nossa Senhora, esse padre é tão gostoso...

  • Lina, mulher, olha o respeito! Estamos na casa de Deus, respeite o padre!

  • Ora, que culpa tenho eu se o padre tem um jeitão de macho? Parece até ator de novela das oito!

  • Lina, Lina...

  • Dona Carminha, a senhora não sabe da nova: não tem a filha do dono da oficina da rua de cima?

  • A menina do compadre Zé Setúbal? O que houve?

  • Ora, ela sentiu a “pegada” do padre Chiquinho, os dois foram vistos no carro da paróquia, pertinho pertinho da curva do rio! Dizem que o Seu Zé do finado Luiz Setúbal mandou ela lá pra Brasília, pra casa de uns tios, pois ele ficou com vergonha de ter descoberto que a filha engravidou do padre...

No momento em que celebra a missa, padre Chiquinho sequer imagina que estão falando várias coisas a seu respeito, e crê inocentemente que todos os fiéis estão na igreja para honrar a pessoa de Saulo de Tarso, o grande apóstolo São Paulo, além de louvar o Senhor.

Porém, muitos desses fiéis vão à missa tão somente para fazer fuxico da vida alheia, nunca serão cristãos de verdade. E muitos vão à igreja sem ter o mínimo de noção sobre a vida dos santos ou o respeito à celebração eucarística. É como disse o Pe. Antônio Vieira:

"Antigamente, batizavam-se os convertidos; hoje é preciso converter os batizados".

--------------------

(23 de novembro de 2011)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O evangelho dos otários

Pregador berra no púlpito
e o povo incauto aplaude.
Pouco tempo depois, de súbito,
lágrimas enchem o balde.

“Dá glória a Deus!”, grita
o espertalhão missionário.
Todos os dias passa na tevê
o evangelho dos otários.

É apóstolo, bispo e missionário
em igrejolas com nome pomposo:
querem alcance mundial e universal:
Isso é negócio bastante rendoso!

“Dá glória a Deus!”, grita
o apóstolo e grande profeta:
enquanto isso, no altar incita
o povo miúdo a doar-lhe a oferta.

É o evangelho dos otários
que dão cem, duzentos contos
mas que caem no conto do vigário
e o bispo compra mais um ponto.

Curas, milagres e muito choro
eis o espetáculo celebrado
no horário nobre isso vale ouro
e mais otários são enganados.

É o evangelho dos otários.
“Dá glória a Deus!”, grita
o espertalhão missionário:
esse povo é pior que cabrita!

É muito choro, muita emoção
a “glória de Deus” enche o lugar.
Isso tudo é muita enrolação
os infelizes querem se enganar.

A falsa humildade é muito grande
o líder chora sem lágrimas derramar
será que ninguém pára por um instante
e a esses espertalhões não vão investigar?

É o evangelho dos otários:
engana o apóstolo e o bispo,
o pastor e o missionário
até o padre, eu não acredito!

--------------------
(04 de janeiro de 2012)

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

E eu que pensava que era sobre cristãos iraquianos

Vou confessar uma coisa: às vezes dou uma lida em uma determinada página da internet, que é de importantes comunistas de sacristia. Ao ver que um determinado artigo tinha como título É Natal em Bagdad e Fallujah, inocentemente achei que era sobre os cristãos iraquianos, duramente caçados pelos adeptos da religião da “paz”.

Que nada! Foi com grande decepção que li um texto que era puro antiamericanismo, exaltando o fato de as tropas dos States começarem a deixar o Iraque.

E chega às raias do exagero ao comparar a retirada dos americanos do Iraque ao anúncio do profeta Isaías e do arcanjo Gabriel sobre a vinda do Senhor!

Sei que é difícil, pois estão mais preocupados com os indiozinhos desalojados pela hidrelétrica de Belo Monte ou pelos “pacíficos” palestinos, mas quando será que esse pessoal da Adital vai publicar algum artigo em defesa dos cristãos perseguidos mundo afora?

Acho de uma ironia cruel certos setores ligados à CNB do B fazerem estardalhaço sobre os palestinos e os indiozinhos e se calarem criminosamente quando crianças como Adam (imagem acima), o pequeno mártir iraquiano, morrem por crerem no Senhor Jesus.