terça-feira, 17 de maio de 2011

Contra a baytolagem de estado ou "Onde estão os parlamentares católicos?"

Onde estão os católicos do Senado e da Câmara?
Será que o único a ter coragem de dar a cara a tapa e denunciar o gueyzismo é o Bolsonaro?
"Ah", dirá alguém, "mas ele não é católico"... Sim, mas é o único que se manifesta (que eu saiba).
Até quando a bancada dita "católica" (se é que ela existe) assistirá passiva (hum...) a essa horda "arcoirisada" se impondo, querendo nos enfiar (ui...) goela abaixo essas coisas sujas e porcas que são a lei da homofobia e o tal de "kit-gay" nas escolas?
Quem não tiver preconceito que "atire a primeira pedra", ou será que um homem, ao saber que a esposa está esperando um menino, vai imaginar, entre tantas coisas, que o filhão vai ser sodomizado por qualquer um?
Ou que o filho varão vá andar requebrando e rebolando a busanfa que nem o(a) recém-finado(a) Lacraia?
Ou que dará uma boneca da Barbie ao invés de um carrinho, um revólver de mentira ou um boneco do Max Steel?
Não defendo, em hipótese nenhuma, que se agrida ou mate os homossexuais, QUE FIQUE BEM CLARO, mas que uma coisa precisa ser feita ou senão correremos o risco de sermos processados por HOMOFOBIA!
Para saber da última, leia no blogue do Reinaldo Azevedo.

2 comentários:

Aline M. disse...

Boa noite! Só hoje conheci seu blog, muito bom! Que tenhamos a mesma coragem e amor à Deus, que os Cruzados tiveram para defender a fé católica!

Evandro Monteiro disse...

Obrigado, prezada Aline M..
Só peço que reze por mim.
Fique com Deus e Nossa Senhora.