terça-feira, 19 de agosto de 2008

Santo Inácio de Antioquia em defesa da castidade

Santo Inácio de Antioquia
Em carta a São Policarpo de Esmirna, Santo Inácio de Antioquia faz uma breve defesa da castidade, pedindo ao jovem bispo que incentive os fiéis nessa luta.

“Foge das profissões desonestas. Além disso, faze homilia contra elas. Dize às minhas irmãs que amem o Senhor e se contentem com seus maridos física e espiritualmente. Recomenda também aos meus irmãos, em nome de Jesus Cristo, que amem suas esposas, como o Senhor ama a Igreja. Se alguém pode permanecer na castidade em honra da carne do Senhor, que permaneça na humildade. Se ele se gloria disso, está perdido, e considerando-se mais do que o bispo, está corrompido. Convém que os homens e as mulheres que se casam, contratem sua união com o parecer do bispo, a fim de que seu matrimônio seja feito segundo o Senhor e não segundo a concupiscência. Que tudo seja feito para a honra de Deus.”

São Policarpo de Esmirna
Santo Inácio de Antioquia, rogai por nós!
São Policarpo de Esmirna, rogai por nós!


2 comentários:

Theophilus disse...

A castidade está se acabando em nosso mundo devido à repaganização. Os valores cristãos, quando desprezados por uma civilização, dão lugar aos antigos valores pagãos que o Cristianismo substituiu, porque a natureza detesta o vácuo - onde aparece um vazio, algo vem logo ocupar-lhe o lugar, e não é diferente com o mundo dos valores.

Evandro disse...

Caro Theophilus, concrodo contigo, e além disso, é uma pena que muitos pastores da nossa igreja(bispos e padres) estejam tão relaxados nessa luta!
Rezemos sempre pela santificação do clero, pelas intenções do papa e pela nossa também!
No mais, fique com DEUS e Nossa Senhora, e muito obrigado pela visita.