sexta-feira, 11 de junho de 2010

Acorda, Santidade!

Na última semana, um bispo foi assassinado a facadas na Turquia, e o Vaticano apressou-se a dizer que tal fato não tem nada a ver com a Turquia e o povo turco.
No imaginário coletivo turco, é inconcebível a existência de um turco cristão, pois o islamismo está arraigado na cultura turca.
E o que D. Luigi Padovese fez de tão mal à turcaiada?
A equipe da Rádio Vaticano responde:

“Dentre as obras realizadas por Dom Padovese desde que foi nomeado bispo em 2004, Dom Ruggero mencionou o extraordinário diálogo de vida com os muçulmanos, a criação de um serviço de distribuição de alimentos a domicílio para 70 famílias carentes, (em maioria islâmicas), e as boas relações com as autoridades civis.”

Ou seja: D. Luigi deu comida para aquele bando de infiéis e recebeu, como paga pela caridade àquela gentalha, facadas no corpo!
Não adianta, é infrutífero e é inviável dialogar com os seguidores da besta do deserto!
Quanto mais “dialogamos” com os cães raivosos, mais nossos irmãos são caçados, exterminados e violentados, até a extinção de todo servo de Nosso Senhor Jesus Cristo!
Sei que é difícil, mas que peçamos sempre a intercessão da Santíssima Virgem, para que o Senhor Deus faça o papa, seja ele Bento XVI ou o próximo, acordar desse sonho inútil de conversar com os filhos da serpente, ainda mais se tratando da serpente pedófila.
É inegável que o assassinato do bispo na Turquia tem a ver com a Turquia e os turcos! Achar que o povo turco é inocente desse sangue derramado é acreditar em contos da carochinha!
É claro que tal morte “obscurece o diálogo com o Islã”! Todo monólogo, todo “ecumenismo de mão única” é escuro, nublado, sem a luz da razão.
Acorda, Santidade!
Todo diálogo ecumênico de via única deve acabar, pelo bem da Santa Igreja!

Fontes:

Um comentário:

--- disse...

É amigo,

E o próprio asssassino declarou o motivo da morte do sacerdote : http://praelio.blogspot.com/2010/06/matei-o-grande-sata-ala-akbar-grita-o.html

Jefferson
Pax et bonvs!