domingo, 7 de agosto de 2011

Até tu, D. Aldo?

Foi com grande decepção que li recentemente no blogue Pacientes na Tribulação que o arcebispo da Paraíba, D. Aldo Pagotto, invocando o super-concílio Vaticano II, escreveu o prefácio de um livro espírita.
Em nota da arquidiocese o mesmo D. Aldo escreve:

"Em conformidade com as diretrizes do Concílio Vaticano II eu sempre exercitei o diálogo ecumênico e inter-religioso".
E não é a primeira vez em que D. Aldo prestigia um evento kardecista!
Caramba, eu estou começando a pensar que é uma enorme perda de tempo ficar blogando pela Igreja! Se os bispos e o papa, que são os pastores do rebanho, não se preocupam com a evangelização, por que eu, um simples leigo, devo me preocupar?
Como anunciar a verdade aos hereges e pagãos se os próprios sucessores dos Apóstolos se encarregam de atrapalhar a evangelização?
Os condutores da Igreja deveriam, portanto, parar de dizer que nossa instituição tem 2.000 anos de existência, e sim que ela tem somente cinqüenta anos, quando o "papa bom" João XXIII resolveu escancarar as portas da Igreja para os ventos soprarem alguma poeira do trono de Pedro. Quanto àquela Igreja que foi de São Pedro até Pio XII, sei lá... Não sou sedevacantista (e nem pretendo ser!), mas a tentação de desistir da luta é muito grande.

2 comentários:

O Insuspeito disse...

Como te compreendo! Uma vergonha. Muitas vezes penso: nem sei para que nos damos ao trabalho! Não vale a pena...

Ana Maria Nunes disse...

Eu sempre falei que ele n prestava, me xingaram! Desde o dia que ele voltou atrás da punição do padre pro gay e aborto pra mim ele morreu!

***********
Os blogues n devem parar, gente! Se há ao menos um acesso ao dia (que n seja o nosso) VALE A PENA SIM!