quinta-feira, 12 de abril de 2012

O que falar sobre a liberação do aborto de anencéfalos?

O que falar sobre a liberação do aborto de anencéfalos?
Isso se chama eugenia, ou mais sofisticadamente, darwinismo social, onde só os perfeitos fisicamente sobreviverão.
Ser contra o aborto não é pelo simplismo de ser religioso ou não - até porque a religião não está em questão -, mas por bom senso.
Por que todo abortista que não tem argumento já chega acusando os seus oponentes de "fanáticos religiosos?"
Tantos que se dizem "católicos" e são favoráveis a essa aberração?
Onde estão os padres famosos, que se calaram diante do evento decisivo de hoje no STF?
Onde está a CNBB, hein?
Por que a CNB do B não extingue essa porcaria de Campanha da Fraternidde e faz algo que preste realmente pela vida?
Por que o clero se calou criminosamente sobre o aborto? Por que só alguns poucos padres resolveram dar a cara pra bater e defender a vida?
Eu sou culpado, pois também me omiti! Peço perdão ao Senhor Jesus!
Sei que falar agora é fácil, mas fico muito triste com a pobreza de argumento dos abortistas, que só reduzem os seus oponentes como meros fantoches dos pedófilos do Vaticano!
E os católicos tontos que ainda acreditam que aborto é qestão de saúde pública!
Não é! É questão de princípios, de dignidade!
E me dá mais vergonha ainda que hereges como Silas Malafaia estão mais empenhados em defender a família e a vida do que muitos padres famosos! É de se lamentar!

(Em 12/04/12)

2 comentários:

FireHead disse...

Exactamente. Há irreligiosos que são contra o aborto. Com é que os abortistas descalçam esta bota? Não a descalçam simplesmente. A Igreja tem que ser sempre o principal alvo. E o único na maioria dos casos.

Evandro Monteiro disse...

também acho