segunda-feira, 5 de abril de 2010

Volta às esquadras, Portugal

Volta às esquadras, ó Portugal
Teus bravos homens levaram
Contra todos e contra o mal
O Cristo que os infiéis caçaram.

Abandona o euro cruel e maldito
Que tira toda a tua nacionalidade
Voltemos ao escudo, é mais bonito
Um dos símbolos da portugalidade.

Que volte o rei, para o bem da Nação
Deixemos os ímpios para fora do país:
Quando desbravou o mar até o Japão
O reino de Portugal era grande e feliz!

Maus portugueses, de infeliz memória
Deixaram a lusa Nação lá na pobreza
Sei que essa gente, mesmo da escória
Jamais tirou de Portugal a grandeza.

Que os portugueses tenham o Evangelho
Como regra diária, sob as leis da Igreja
Que lhes venha o grande Reino de novo
Com as glórias que lhe são benfazejas.

Que a Virgem Santíssima, a Mãe Maria
Abençoe e ilumine o povo de Portugal
Para que nos próximos anos, meses e dias
Os lusitanos de bem expulsem os de mal.


Evandro Rodrigues Monteiro, 29 de março de 2010.
(É o que espera um brasileiro de sangue português.)

Um comentário:

João Cadete disse...

Evandro... 5 estrelas!

Cada vez melhor, este blog, onde com verdadeiro espírito de cruzados, combatemos pela Santa Fé Católica!

Um abraço de Portugal, sob o olhar materno de Maria Santíssima!