quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A maldita praga do politicamente correto

Até quando agüentaremos essa peste politicamente correta que se alojou na Igreja depois do Vaticano II, o maldito liberal-modernismo?
Até quando suportaremos ver um sacerdote que, em nome de um falso respeito humano, considera normalíssimo um fiel de sua paróquia abandonar a Igreja Católica para aderir a alguma igrejola de fundo de quintal?
Foi o mesmo falso respeito humano que fez Paulo VI abdicar do bom combate em troca de um abraço ecumênico com o cismático Atenágoras!
Que saudade dos tempos (e olha que eu nem era nascido) onde os padres denunciavam como pecado mortal o simples fato de irmos a algum culto protestante, ainda que por curiosidade! Até ler uma bíblia herética era tido como pecado gravíssimo!
Até quando veremos calados essa praga desgraçada de padres artistas, que dão mais escândalos do que bons exemplos?
Padres que se envergonham de dizer que são padres!
Padres que só sabem tocar um violãozinho na missa...
Pobres padres! Podres padres!
Quando será que esses sacerdotes deixarão de fazer piada com quem os procura por algum motivo sério e grave?
O nome do programa é Trocando Idéias? Pois está mais para Trocando as Bolas!
Quando será que essas malditas freiras comuno-feministas terão a coragem de largar o hábito religioso, deixar cair a máscara de religiosas e assumir de vez que são tudo, abortófilas, pró-lésbicas e pró-testantes, menos católicas?
Até quando esses bispos vermelhos que infestam a Santa Igreja resolverão, de uma vez por todas, deixar essa maldita desobediência ao Santo Padre?
Será que essa juventude tão cheia de oba-oba, principalmente a entusiasta das diabotecas, vai tomar vergonha na cara e reconhecer que ou se é cristão ou se é pagão? Não dá para servir a dois senhores, como o Divino Salvador já havia dito!
É essa doença do politicamente correto que infesta, dilacera e corrói por dentro a Igreja, enfraquece a estrutura, gerando fiéis debilóides, padres frouxos e relativistas, permitem que os nossos inimigos nos maltratem na nossa própria casa e nada acontece!
Até quando ficaremos calados ao ver os rapazes alegres do movimento do arco-íris rasgarem e queimarem fotos do papa defronte às catedrais?
Quando deixaremos de ver o nosso digníssimo e tolerante clero fazer afagos nos terroristas do falso profeta, enquanto os sequazes dele caçam os nossos irmãos em Cristo?
Até quando ficaremos passivos ao ver os pagãos de hoje blasfemarem impunemente contra o Sacratíssimo, Magnífico e Poderosíssimo Nome de Nosso Senhor Jesus Cristo?
Até quando agüentaremos, criminosamente calados, as blasfêmias e calúnias dos hereges contra a Santíssima Mãe de Deus, a Virgem Maria?
Apesar dos meus muitos pecados, vem logo, Senhor Jesus, santifica aqueles que clamam por Ti, livra o Santo Padre de todo o mal, e dê a luz da conversão às pobres almas daqueles que estão nas trevas do paganismo, do islamismo e do protestantismo!

2 comentários:

Equipe Décor disse...

Faço minhas vossas palavras.
fausto

Evandro disse...

Prezado Fausto, seja bem-vindo!
E o politicamente correto infestou tudo na vida, até mesmo na arquitetura, com construções horrendas nas igrejas modernas...
Gostei muito do blogue de vocês, continue nos visitando e até a próxima.

Evandro