sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Bibliolatria, a bíblia acima de Deus

Não é necessário fazer muito esforço para descobrir que os protestantes são bastante contraditórios.
Gostam de nos apontar o dedo, acusando-nos de adoradores de imagem, bajuladores do papa e o pior, de querermos colocar uma “simples” criatura (Maria) acima do Senhor Jesus, e usam as escrituras para se basearem em tudo isso.
Só que tenho dois exemplos, muito parecidos por sinal, de como as coisas mudam de figura: usarei dois textos básicos, que por motivo de espaço, tirarei só o principal.
São os arremedos dos Símbolos Apostólico e Niceno-Constantinopolitano, que deixam bem claro quem é o verdadeiro “deus” único dos filhos de Lutero: o primeiro, tirado de uma página da internet, o segundo, extraído de um folheto de uma certa igrejola daqui de Jijoca de Jericoacoara, estado do Ceará.

1) Igrejola da internet
Cremos:
Que a Bíblia Sagrada,
composta do Antigo e do Novo Testamento, é inteira
[Não! Inteira não! Lutero amputou 7 livros do AT mais trechos de Daniel e Ester!] e completamente inspirada por Deus, infalível na sua composição original, sendo autoridade final, suprema, única regra infalível de fé e conduta para a vida e o caráter cristão; completamente digna de confiança em qualquer área que venha a se expressar [...].
Em um único Deus eterno, absolutamente santo, invisível, imortal, onipotente, onipresente, onisciente, criador dos céus e da terra e distinto em sua trindade: Pai, Filho e o Espírito Santo. [...].
Que o Senhor Jesus Cristo sempre existiu na eternidade [...].

2) Igrejola do folheto
Cremos que a Bíblia é a palavra revelada de Deus para o homem contendo as regras de fé e conduta. Cremos no Deus único, verdadeiro e soberano sobre todas as coisas. Cremos na Trindade [...].
Ou seja: amar a bíblia sobre todas as coisas, amar até mais do que amar ao próprio Deus!
Mas, e quanto à Igreja nesses dois “credos”? Vejamos, pois:
1) Igrejola da internet
(Cremos) que a verdadeira Igreja de Cristo é constituída por pessoas que foram alcançadas pela proclamação da Palavra de Deus, creram na necessidade do arrependimento, na morte expiatória de Jesus Cristo e conseqüentemente aceitaram a observância do batismo bíblico por imersão em águas, uma única vez [...] e a participação da Ceia do Senhor, através do pão e do vinho, simbolizando [Simbolizando? Então quem foi aquele homem que disse que o pão e o vinho SÃO Corpo e Sangue d'Ele?] o corpo e o sangue de Cristo; e ainda procuram viver em santidade como fiéis testemunhas do poder de Cristo, reunindo-se com outras pessoas que compartilham da mesma fé, da mesma comunhão e da mesma adoração a Deus, em qualquer local público ou secreto, florestas ou desertos, vales ou montanhas, casas ou templos, ou qualquer outro espaço destinado ao culto a Deus e a pratica do modelo de adoração bíblica [...].

2) Igrejola do folheto
Cremos em uma Igreja Universal [a do Ma$$edo?], Apostólica e única do Senhor Jesus Cristo [mas não é a Igreja Católica!] como sendo a reunião de todos os crentes que o servem com fidelidade e sob a orientação do Espírito Santo [...].
Na primeira vemos que o batismo só deve ser por imersão. Mas na bíblia existe algo que confirme esse tipo de batizado? Em Atos dos Apóstolos 8, 36, por exemplo, vemos o caso do eunuco que se fez batizar pelo diácono Filipe. Se eu não me engano, aquele trecho da Palestina não tem muitos cursos d'água não. Como então faria o tal batismo por imersão?
Resumindo, então, o negócio: por mais que falem, critiquem, caluniem a Santa Igreja Católica, esse povinho sempre imita alguma coisa do catolicismo.
Sobre aquela velha e calejada frase que os protestantes adoram, “leia a bíblia”, recomendo aos amigos do blogue que leiam este artigo da Associação Montfort:
http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cadernos&subsecao=apologetica&artigo=leiabiblia1&lang=bra

3 comentários:

JESUS CRISTO EO SENHOR disse...

nao existe bibliolatria,abiblia ea voz de Deus o proprio jesus disse É através da Verdade que somos santificados e a Verdade é a Palavra de Deus, Jo 17.17, “Santifica-os na Verdade; a tua palavra é a verdade”.

abiblia nao e imagem isso que vc falou e uma ivenção

Deus manda a estimar a palavra
Provérbios 4:5 Adquire a sabedoria, adquire o entendimento; não te esqueças nem te desvies das palavras da minha boca.
Provérbios 4:6 Não a abandones, e ela te guardará; ama-a, e ela te preservará.
Provérbios 4:7 A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis adquire o entendimento.
Provérbios 4:8 Estima-a, e ela te exaltará; se a abraçares, ela te honrará.
o proprio DEUS vela pela sua palavra

Jeremias 1:12 “E disse-me o SENHOR: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la.”

junior cesar disse...

casualmente vim ter acesso a este blog,lí todo o artigo e não é minha intenção criticar ou denigrir a fé de nossos irmãos católicos, somente eu gostaria de fazer uma objeção ao nosso escritor(a)... """o caso do eunuco que se fez batizar pelo diácono Filipe. Se eu não me engano, aquele trecho da Palestina não tem muitos cursos d'água não.....""" não ter muitos cursos de água não significa necessariamente não ter rios ou bacias de água etc. seguindo o relato na própria bíblia católica lemos no vers. 38 que Ambos DESCERAM à água e Filipe BATIZOU o eunuco..., fiquem na paz do Senhor Jesus.

Evandro Monteiro disse...

Prezado Júnior, obrigado pela visita a este blogue, seja bem-vindo, apesar de não concordar em nada com o que é escrito aqui.
Bom, sobre a existência de cursos d'água ou não, creio que o mais importante é o ato de se derramar água, não existir rios, mares ou uma pequena bica.
O que importa é a intenção.
Até a próxima.
Fique com a paz do Senhor Jesus também.