segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Muito bem, D. Orani! Continue sempre assim!

Olha, os cariocas podem me chamar de bairrista, já que eu, paulista, sou contra o Rio de Janeiro sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Sou contra o Rio e seria contra São Paulo, se concorresse também.
Bom, não diria que é bairrismo, pois eu sou contra o nosso Brasil varonil ser a sede da Copa de 2014, foi mais por questão de prioridade: será que os bilhões de reais, dólares ou euros enfiados nesse evento esportivo não seriam mais úteis se fossem usados na saúde por exemplo? Só vemos pelos jornais a choradeira do governo em aumentar os impostos, usando o pretexto da saúde!
Num ensolarado domingo carioca, com muita praia e calor "humano demais", a Arquidiocese do Rio de Janeiro, que atualmente conta com D. Orani João Tempesta, resolveu dar a sua forcinha para a candidatura carioca para as Olimpíadas de 2016.

O arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, encerrou a cerimônia orando para que as autoridades possam ir e voltar em paz, e que tragam boas notícias. Depois, todos os presentes rezaram a oração do Pai Nosso.

Num ato ecumênico com direito a infiéis, pagãos e hereges rezando o Pai-Nosso sob os braços do Cristo Redentor, membros da igreja do Rio (sabe-se lá por quais razões) quiseram fazer parte do carnaval montado:

Representantes da Igreja Católica, da Igreja Protestante, da Fraternidade Judaica e de cultos afro-brasileiros fizeram preces para que o Rio de Janeiro seja escolhido como cidade-sede das Olimpíadas de 2016.

A troco de quê? Para que o clero armou esse circo todo? O que a Arquidiocese do Rio de Janeiro vai ganhar com isso? Que diferença fará se o Rio sediar ou não as Olimpiadas? Que perca para Chicago, Tóquio ou Madri!
"Ide e promovei Jogos Olímpicos a todas as criaturas"? Foi isso que Cristo Senhor ordenou, D. Tempesta?
"Ide e dialogai com hereges e pagãos"? Foi isso que Cristo Senhor ordenou, D. Tempesta?
Ora, o Rio de Janeiro - tanto o estado quanto a capital - é a região com a a menor taxa proporcional de católicos na população, em comparação com o resto do país.
Isso, D. Tempesta, continue sempre assim mesmo, troque afagos com os infiéis - leram até trechos do Al-borrão na reunião!
Vá dormir seu soninho ecumênico, D. Tempesta! Depois não vá chorar amargamente, implorando a Deus que seja só um pesadelo!

Um comentário:

FireHead disse...

Realmente eu fico com imensa pena ver aquele que é o maior país católico do mundo (e também espírita, mas isso não interessa nem sequer aos meus gatos...) tornar-se cada vez mais um antro de hereges infiéis e apóstatas. Quem diria que o protestantismo cresceria tanto aí em tão pouco tempo?
Só posso entender isso como um claro sinal de cumprimento das profecias... quanto a nós, os verdadeiros defensores da Fé, da única Igreja que Cristo fundou sobre Pedro, guardiões da Sagrada Tradição e Sagradas Escrituras, da única religião verdadeira do mundo, só nos resta perseverar e combater o nosso bom combate neste mundo cada vez mais rendido à falsidade e à descrença...

Um abraço.